Publicado em 04/12/2020 às 10h14. Atualizado em 04/12/2020 às 13h12.

Políticos baianos lamentam morte de Cira do Acarajé: ‘A Bahia perde um patrimônio’

Cira estava há 18 dias internada no Hospital São Rafael, com problemas renais

Eduardo Dias
Foto: Reprodução/TV Bahia
Foto: Reprodução/TV Bahia

 

morte da baiana Jaciara de Jesus, a Cira do Acarajé, uma das mais famosas vendedoras da iguaria da Bahia, que faleceu aos 69 anos nesta sexta-feira (4), fez com que os políticos baianos prestassem homenagens nas redes sociais à vendedora.

O prefeito ACM Neto lamentou a perda da ilustre baiana e declarou: “A Bahia perde um patrimônio, um ser humano querido e amado por todos os baianos e por todas as pessoas que visitaram Salvador nos últimos anos. Ela herdou uma tradição, todo aquele conhecimento que vem de geração em geração, e soube acrescentar o seu toque especial, tornando o seu acarajé um dos preferidos da Bahia. Neste dia de Santa Bárbara e Iansã, nós sabemos que Cira será bem-recebida por Deus. Expresso aqui os meus sentimentos. Que Deus possa confortar a todos os seus familiares e amigos”, disse o prefeito.

Cira estava há 18 dias internada no Hospital São Rafael, com problemas renais, segundo informações do Jornal da Manhã, da TV Bahia. Informações sobre o velório e o enterro ainda não foram divulgadas.

O prfeito eleito, Bruno Reis, também manifsetou seus sentimentos à baiana em seu perfil no Twitter: “Uma baiana daquelas que com seu carisma e suas delícias encantou todo mundo”.

O ex-governador da Bahia e atual senador da República, Jaques Wagner, foi outro que utilizou o Twitter para desejar solidariedade aos amigos e familiares de Cira. “Que siga em paz e com a certeza de que seu legado jamais será esquecido”.

O governador Rui Costa (PT) também manifestou seu sentimento de pesar pela morte de Cira e disse que a baiana “será lembrada como um dos ícones da nossa culinária”.