Publicado em 19/09/2019 às 16h58.

Projeto propõe ensino sobre Lei Maria da Penha em escolas da rede municipal

Medida prevê aulas de noções básicas sobre o tema dentro da disciplina de Sociologia

Redação
Foto: Divulgação/Ascom/Prefeitura Salvador
Foto: Divulgação/Ascom/Prefeitura Salvador

 

Os alunos das escolas municipais da capital baiana poderão passar a ter aulas sobre noções básicas da Lei Maria da Penha, dentro da disciplina de Sociologia.

O projeto de lei que propõe a medida foi apresentado à Câmara Municipal de Salvador (CMS) pela vereadora Ireuda Silve (Republicanos). Segundo ela, abordar temas como este nas escolas “é uma das formas mais eficazes de desconstruir ideias e práticas machistas incutidas pela cultura”.

“Assim, poderemos ajudar na construção de um futuro com menos violência contra a mulher, menos feminicídios, mais humanismo e, quem sabe, até mais respeito aos direitos da mulher em outros âmbitos da sociedade. O melhor remédio contra preconceito e ignorância é educação. E é preciso dizer que não estamos falando apenas de agressões físicas, mas também psicológicas, violência sexual e outras práticas que tornam a vida da mulher extremamente difícil”, disse.

Violência – A Central de Atendimento à Mulher recebeu 92,6 mil denúncias de violência contra a mulher em 2018. Já nos primeiros seis meses de 2019, foram 46,5 mil denúncias, um aumento de quase 11% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“Há maior disposição e mais consciência das mulheres para denunciar, mas trabalhar nesse sentido, embora seja importante, não é suficiente. Os homens é que precisam, antes de qualquer coisa, mudar a mentalidade e comportamento. Na relação entre homem e mulher, deve prevalecer a igualdade, não a hierarquia”, afirmou Ireuda.

PUBLICIDADE