Publicado em 12/02/2020 às 15h31.

Sósthenes interrompe apresentação do Censo 2020 para questionar dado sobre encostas

Coordenadora explicou que IBGE Bahia não foi responsável pela informação que chegou até o chefe da Defesa Civil de Salvador

Breno Cunha
Foto: Secom/Salvador
Foto: Secom/Salvador

 

O chefe da Defesa Civil de Salvador, Sósthenes Macedo, provocou um momento de constrangimento no Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador, nesta quarta-feira (12).

Sósthenes interrompeu a apresentação da coordenadora de divulgação do Censo Demográfico de 2020, Mariana Viveiros, para questionar um supostos dado divulgado pelo IBGE sobre áreas de riscos em Salvador.

Ele perguntou se algum dado do Censo estava relacionado à identificação de áreas de risco no entorno dos domicílios de Salvador. “Vim com a equipe da Defesa Civil para questionar isso”, bradou.

Sósthenes argumentou que Defesa Civil da capital deveria ter sido informada da pesquisa, mas a coordenadora negou a informação e explicou que no Censo são coletadas informações como calçamento, saneamento entre outras, mas não sobre áreas de risco no entorno das residências.

De acordo com Mariana, o dado a que Sósthenes teve acesso deve ter sido de uma outra pesquisa do IBGE, mas que não foi realizado pelo IBGE Bahia.