Publicado em 13/12/2019 às 14h34.

Ufba altera horário de funcionamento no recesso para conter gastos

Essa não é a primeira vez que a universidade altera o horário de funcionamento no intuito de economizar

Redação
Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

 

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) irá funcionar, entre os dia 6 de janeiro a 18 de fevereiro, em horário especial. Com intenção de reduzir os gastos da instituição, como o consumo de energia elétrica, os campis irão abrir apenas pela parte da manhã, de 7h30 às 13h30, durante o recesso. A decisão foi definida pela administração central.

Essa não é a primeira vez que a Ufba altera o horário de funcionamento no intuito de economizar. Durante o recesso no mês de julho, o horário do expediente também foi alterado com essa mesma intenção. Em setembro a universidade publicou uma outra portaria onde definia uma série de ações de contenção de despesas, entre elas o desligamento dos aparelhos de ar condicionado.

Uma análise das contas de energia da universidade mostraram que ao longo do ano houve uma redução de 18,2% do consumo de energia, comparando a média mensal do período entre janeiro e junho com a média mensal entre julho e outubro. A redução é atribuída às medidas estabelecidas pelas duas portarias.

A portaria 176 preserva a realização de concursos, cursos e eventos de pesquisa e extensão já agendados e que não possam ser reprogramados para o horário especial. Também são exceções os laboratórios que realizem pesquisas e serviços essenciais que não possam ser interrompidos, bem como a prestação de serviços de tecnologia da informação.

Outra exceção é o Restaurante Universitário (RU), que não deixará de atender aos estudantes. O RU e os pontos de distribuição de refeições funcionarão em horário a ser definido pela Pró-reitoria de Assistência Estudantil e Ações Afirmativas, como já ocorre em períodos de recesso. Também ficará mantido o horário normal dos serviços de segurança dos campi.

 

 

PUBLICIDADE