Publicado em 11/12/2019 às 10h51.

Antonio Brito e Mandetta debatem plano mundial para a erradicação da tuberculose

Tuberculose está entre as 10 principais causas de morte em todo o mundo, com cerca de 10 milhões de novos casos anualmente

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta assumiu nesta quarta-feira (11) a liderança da Stop TB Partnership – frente internacional pela erradicação da tuberculose no mundo – no triênio 2020-2022.

Mandetta está em Jacarta, na Indonésia, ao lado do deputado federal Antonio Brito (PSD-BA), presidente da Frente Parlamentar pela Luta Contra a Tuberculose, para debater a atualização do Plano Global. A tuberculose está entre as 10 principais causas de morte em todo o mundo, com cerca de 10 milhões de novos casos anualmente.

O relatório global aponta que 7 milhões de pessoas tiveram acesso e tratamento contra a tuberculose em 2018. No entanto, a meta é inserir, até 2022, 40 milhões de pessoas em diagnóstico e tratamento contra a doença no sistema mundial de saúde.