Publicado em 10/01/2017 às 15h10.

Fifa oficializa Copa do Mundo com 48 times a partir de 2016

Segundo a Fifa, o novo método aumentará a arrecadação com o torneio: lucro pode chegar a até US$ 650 milhões na comercialização dos direitos de TV

Redação
Créditos: Kin Saito / CBF
Créditos: Kin Saito / CBF

 

O Comitê Executivo da Fifa aprovou, nesta terça-feira (10), a mudança no número de seleções participantes da Copa do Mundo a partir de 2016: o torneio passará a ter 48 times, não mais 32. Com a alteração, o número de grupos dobrará de oito para 16, com três seleções em cada um deles. Os dois primeiros de cada chave avançam para um mata-mata com 32 países e, depois, o modelo segue como o tradicional até o fim – a duração do torneio, de 32 dias, não muda.

“Ao analisar, olhamos para aspectos esportivos, financeiros, de qualidade, todos os elementos foram analisados. O financeiro foi um. E não vamos esquecer algo: uma fase a mais de mata-mata é importante, cada jogo vai ser decisivo. Hoje, na fase de grupos, você já fica sabendo quem está classificado e perde interesse. A Eurocopa de 24 times foi um sucesso, uma semana mais, aumentamos um jogo para o campeão”, afirmou o presidente Gianni Infantino, em entrevista coletiva.

Segundo a Fifa, o novo método aumentará a arrecadação com o torneio: o lucro pode chegar a até US$ 650 milhões na comercialização dos direitos de TV, já que o número de partidas sobe de 64 para 80, além de um incremento de quase 20% na venda de ingressos, que chegaria a US$ 6,5 milhões.

PUBLICIDADE