Publicado em 02/01/2019 às 17h57.

Estado anuncia regulamentação de auxílio-transporte para PMs e bombeiros

Segundo o governo, 33 mil militares vão receber o benefício, na capital e no interior, o que vai gerar um custo anual de R$ 65 milhões

Redação
Foto: Daniele Rodrigues/ Sedur
Foto: Daniele Rodrigues/ Sedur

 

Com o fim do cartão de gratuidade para policiais militares e civis nos ônibus, o governo do Estado informou nesta quarta-feira (2) que publicará um decreto para regulamentar o pagamento de auxílio-transporte para policiais militares e bombeiros militares.

Segundo o governo, 33 mil militares vão receber o benefício, na capital e no interior, o que vai gerar um custo anual de R$ 65 milhões.

Ainda de acordo com o Estado, o pagamento do auxílio referente ao mês de janeiro será feito na próxima semana.

O decreto será publicado nesta quinta-feira (3), no Diário Oficial do Estado, para alterar a Lei nº 7.990, de 27 de dezembro de 2001.

Em nota divulgada nesta quarta, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindpoc) pediu ao governo que estabelecesse um diálogo com a Integra, associação das empresas de ônibus Salvador, para reverter o fim da gratuidade para a categoria no transporte público.

“Se o governo do Estado quiser negociar, estamos abertos. Eles estavam cientes desde o dia 14 de dezembro e não tomaram nenhuma providência”, declarou ao bahia.ba César Nunes, coordenador do setor de gratuidades da Integra.

PUBLICIDADE