Publicado em 19/11/2019 às 10h27.

TJ-BA informa que vice-presidente assumirá comando da Corte

Tribunal também assegurou que não teve acesso a conteúdo do processo

Redação
Foto: Marcus Murillo/Bahia.ba
Foto: Marcus Murillo/Bahia.ba

 

Com quatro desembargadores afastados sob ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ), incluindo o presidente Gesivaldo Nascimento Britto, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) será comandado interinamente pelo desembargador Augusto de Lima Bispo.

Em nota oficial, a Corte baiana afirmou ter sido surpreendida “com esta ação da Polícia Federal desencadeada na manhã desta terça-feira (19)”. “Ainda não tivemos acesso ao conteúdo do processo”, acrescentou.

O tribunal ainda assegurou que “todas as informações dos integrantes do TJ-BA serão prestadas, posteriormente, com base nos Princípios Constitucionais” e citou o “princípio do contraditório”, que protege o “direito de defesa”.

O comunicado não deu uma posição sobre a eleição para a presidência da Corte, marcada para esta quarta-feira (20).

PUBLICIDADE