Publicado em 11/02/2019 às 13h37.

Band News FM sai do ar após morte de Ricardo Boechat

A emissora fazia a cobertura da queda da aeronave sem saber que era o jornalista que estava entre as vítimas

Redação
Foto: Band News FM
Foto: Band News FM

 

Em respeito a morte do jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, a emissora de rádio Band News FM, veículo pelo qual o Boechat trabalhava, saiu do ar nesta segunda-feira (11).

A notícia do acidente e consequentemente a morte do profissional pegou todos de surpresa na manhã desta segunda. O jornalista estava em um helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão.

A emissora fazia a cobertura da queda da aeronave sem saber que era Boechat que estava entre as vítimas. Além do jornalista, o piloto também morreu no acidente.

A morte foi anunciada pela TV Band às 13h51 pelo jornalista e amigo José Luiz Datena. Visivelmente emocionado, o apresentador do Brasil Urgente comunicou o acidente e se despediu do âncora do Jornal da Band.

“Com profundo pesar, desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, companheiro, que na última quarta, que eu vim aqui apresentar o jornal, me deu um beijo no rosto, fingido que ia cochichar alguma coisa, e, no fim, brincalhão como ele era, falou: “É, bocão, eu só queria te dar um beijo”. Queria informar aos senhores que o maior âncora da televisão brasileira, o Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo. Ele foi a Campinas fazer uma palestra e o helicóptero que ele estava não chegou ao seu destino, que era o heliporto da Band. Ele caiu no Rodoanel e bateu num caminhão e as pessoas, segundo informações iniciais, teriam morrido na hora”.

PUBLICIDADE