Publicado em 15/03/2019 às 14h57.

Sem saber, Record entrevista suspeito de participar de crime em Suzano

Jovem de 17 anos prestou depoimento à Polícia Civil nesta sexta-feira; ele era amigo dos assassinos

Redação
Foto: Reprodução / RecordTV
Foto: Reprodução / RecordTV

 

Sem saber, a TV Record entrevistou um suspeito de participar do planejamento do massacre na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, nesta quinta-feira (14).

A entrevista feita com o adolescente de 17 anos foi levada ao ar nesta sexta, um dia depois de ser gravada, e mesmo dia em que ele foi apreendido pela Polícia Civil para prestar depoimento.

Durante a entrevista, o menor não revelou o envolvimento maior com os assassinos nem na elaboração do plano criminoso, mas somente apresentou-se como testemunha da tragédia e conhecido dos executores.

“A gente gostava bastante de videogame, bastante de armas. A gente sempre gostou bastante de armas. Basicamente isso. Ele era quieto, mas era querido. Ele não sofria bullying. Ele era o cara que fazia bullying”, revelou.

O jovem disse ainda que a intenção dos assassinos era matar ainda mais pessoas. “Tudo o que ele fez, estava planejando. Pela munição que levou, ele queria matar mais pessoas. Pelo menos 50 mortos”, falou.

PUBLICIDADE