Publicado em 18/05/2021 às 17h44.

Suzane, Elize e Anna Jatobá deixam presídio para saída temporária

Benefício é referente a Páscoa; 'saidinha' havia sido adiada por causa da pandemia da Covid-19

Redação
Foto: reprodução/TV Tribuna
Foto: reprodução/TV Tribuna

 

Suzane von Richthofen, Elize Matsunaga e Anna Jatobá deixaram a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelltier, em Tremembé (SP), para o benefício da ‘saidinha’ temporária da Páscoa. Elas receberam a autorização nesta terça-feira (18), após a saída ser adiada em virtude do agravamento da pandemia do novo coronavírus.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), as três deixaram o presídio nesta manhã. O trio cumpre pena em regime semiaberto, por isso recebem o direito da saída temporária. Elas deverão retornar à penitenciária até a próxima segunda (24). Ao menos 3 mil detentos receberam o benefício nos presídios da região.

Suzane foi condenada a 39 anos de prisão por envolvimento no assassinato dos pais, Marísia e Manfred Albert von Richthofen, em 2002. Já Elize Matsunaga foi condenada pela morte do marido Marcos Matsunaga, presidente da Yoki, em 2012; e Anna Jatobá está presa pelo assassinato da enteada, Isabela Nardoni, em 2008.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.