Publicado em 26/02/2020 às 19h40.

245 pessoas são diagnosticadas com HIV e 185 com sífilis

Projeto 'Fique Sabendo' apontou redução nos casos positivos de doenças sexualmente transmissíveis

Redação
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

 

O projeto ‘Fique Sabendo’, promovido pela Secretaria Municipal da Saúde de Salvador, apontou uma redução nos casos positivos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), durante os seis dias oficiais do Carnaval, se comparado com 2019.

Este ano, 245 pessoas foram diagnosticadas com HIV (43), sífilis (187), além das hepatites B e C (15). Na folia do ano passado, foram 249 pacientes reagentes para uma das IST’s.

No entanto, as ocorrências de HIV tiveram um aumento expressivo em relação ao ano passado: foram 43 indivíduos em 2020, quase o dobro dos pacientes do ano passado, quando 26 pessoas tiveram o diagnóstico positivo.

Já a sífilis quebrou uma sequência de três anos com o número de casos estáveis e obteve uma redução de 9%, com 187 testes positivos contra os 206 detectados em 2019.

O mesmo se aplica para as hepatites que reduziram em 50% o índice de infectados, no mesmo período. A procura nas unidades municipais elevou o nível este ano. Mais de 190 pessoas buscaram o serviço em relação ao último ano. No total, 1.716 foliões foram beneficiados com a testagem.