Publicado em 27/11/2021 às 21h00.

Nova Iorque declara ‘emergência de desastre’ após aumento de casos

Número de novos casos e internações registrou alta no estado de Nova Iorque

Redação
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

 

A governadora de Nova Iorque, nos Estados Unidos, Kathy Hochul, emitiu uma declaração de “emergência de desastre”, devido à alta no números de novos casos e internações relacionadas à Covid-19 no estado. 

“Continuamos a ver sinais de alerta sobre altas [de casos] de Covid no inverno, e embora a nova variante Ômicron ainda não tenha sido detectada no estado de Nova York, ela está chegando. Hoje, eu assinei uma ordem executiva para ajudar o Departamento de Saúde a aumentar a capacidade hospitalar antes de potenciais picos”, escreveu Hochul, no Twitter.

De acordo com a governadora, a ação permite que o estado compre insumos essenciais para o combate à doença. “Se vacine e receba a dose de reforço assim que você puder”, escreveu.

Segundo o Centro de Controle de Doenças (CDC), compilados pelo New York Times , a média móvel dos últimos catorze dias foi, na quinta-feira, de 6.666 casos diários. Já a média de internações é de 2.846. No mesmo dia, também foram registradas 32 mortes, queda de 14% em relação aos números de 14 dias atrás.

Além disso, Hochul pediu que os pais e responsáveis vacinem as crianças de 5 a 11 anos. As doses da vacina da Pfizer para essa faixa etária foram liberadas pelo CDC no início de novembro.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.