Publicado em 26/10/2020 às 20h40.

Prefeitura de Feira de Santana estuda voltar a suspender bares

Fiscalização municipal detectou aglomerações e pessoas sem uso da máscaras de proteção; cidade tem 778 casos ativos

Redação
Foto: divulgação SMS/FS
Foto: divulgação SMS/FS

 

Os bares são as atuais principais preocupações das autoridades sanitárias de Feira de Santana. Em nota, a prefeitura da segunda maior cidade baiana afirmou são vistas nestes espaços aglomerações e pessoas sem fazer uso da máscara. O município estuda nova suspensão do funcionamento nestes locais.

“Pessoas juntas, sem a devida proteção, e a ingestão de bebidas alcoólicas são uma combinação perfeita para a disseminação da infecção que ataca os pulmões – visto que a bebida no organismo leva ao relaxamento de todas as medidas de prevenção”, afirmou a prefeitura de Feira, em nota. A cidade registrou, em 6 de março, o primeiro caso de Covid-19 confirmada na Bahia.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado, referente ao domingo (25), Feira já teve 11.659 pessoas que testaram positivo. A assistência em saúde curou 10.639 pacientes, houve 242 óbitos e 778 pessoas seguem com o vírus ativo.