Publicado em 24/11/2020 às 17h31.

Ações de eficiência energética reduzem consumo da Braskem em 5,5%

Experiência adotada na unidade de Camaçari, onde foram adotadas 10 iniciativas, deve ser replicada em outras plantas do grupo

Redação
Foto: divulgação Braskem
Foto: divulgação Braskem

 

A série de ações de eficiência energética da Braskem implantada na unidade Q1, no Polo Industrial de Camaçari, geraram em um ano uma redução do consumo de energia em 833 GWh. Essa demanda representa uma diminuição de 5,5% na planta.

Esta estratégia está inserida na meta da Braskem de se tornar uma empresa carbono neutra até 2050. A redução obtida na planta baiana representa um corte de 247 mil toneladas de CO2, o que equivale a 8% das emissões anuais do Complexo.

O modelo aplicado em Camaçari pode ser replicado em outras unidades do grupo nos estados de São Paulo (Grande ABC, Cubatão e Paulínia), Rio Grande do Sul (Triunfo), Rio de Janeiro (Duque de Caxias) e Alagoas (Maceió). “Acreditamos na melhoria contínua dos nossos processos, buscando sempre torná-los mais eficientes”, complementa Aloísio Azevedo, gerente de Engenharia de Processos da Braskem.

Para reduzir a demanda por energia e a emissão de carbono, a Braskem busca expansão do uso de fontes renováveis na sua matriz e também pesquisa melhorias adotadas em outras empresas. Uma das 10 iniciativas aplicadas em Camaçari foi a substituição de equipamentos turbinados, como bombas e compressores, por motores elétricos de maior eficiência.