Publicado em 09/11/2021 às 07h09.

Consumidores inadimplentes pagam 57,7% das dívidas no 1º semestre

Apesar do número alto, percentual vem diminuindo desde 2019; Nordeste teve média menor

Redação
Foto: reprodução do site da FGV Ibre
Foto: reprodução do site da FGV Ibre

 

Os consumidores inadimplentes liquidaram no primeiro semestre 57,7% das dívidas em até 60 dias após a negativação. O Nordeste, contudo, foi a única região com nível de recuperação de dívida abaixo da média nacional (48,8%). Os números são do Indicador de Recuperação de Crédito da Serasa Experian.

Segundo a Serasa, apesar do percentual alto, o acumulado semestral vem diminuindo desde 2019, quando o índice marcou 60,4%. Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, os números refletem o cenário econômico brasileiro “desafiador” nos seis primeiros meses deste ano.

“A população teve que continuar lidando com o alto nível de desemprego e a diminuição do auxílio emergencial. Junto a isso, o aumento da inflação e dos juros foram fatores que agravaram a situação financeira dos consumidores”, disse.

O segmento financeiro (bancos/cartões/financeiras) foi o que mais recuperou dívidas em até 60 dias (61,5% do tota). Segundo Rabi, “ é um setor que possui um incentivo natural para a recuperação de dívidas, o da preservação de crédito”.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.