Publicado em 12/04/2016 às 08h40.

Nova jazida de grafite atrai investimentos para Eunápolis

O grafite é considerado revolucionário para o futuro da indústria eletrônica ultrafina mundial e uma tendência entre os materiais mais inovadores

Redação
Foto: Divulgação Grafite do Brasil
Foto: Divulgação Grafite do Brasil

 

A descoberta de uma jazida de grafite de alta qualidade, no município de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, movimenta a atração de empreendimentos do setor. Conforme a agência de fomento do estado, a Desenbahia, encontram-se atualmente em fase de conclusão na instituição procedimentos para a liberação de crédito para um investimento que pode chegar a R$ 300 milhões em dez anos. A verba será usada para a produção do grafeno – camada do grafite de alta flexibilidade e mais resistente que o aço.

Em princípio, o financiamento atual solicitado pela mineradora interessada em atuar em Eunápolis é de R$ 20 milhões para a produção de flakes (flocos) de grafite, confirmou o presidente da Desenbahia, Otto Alencar Filho, ao jornal A Tarde, nesta segunda-feira (11).

O grafite é considerado revolucionário para o futuro da indústria eletrônica ultrafina mundial e uma tendência entre os materiais mais inovadores.