Publicado em 11/02/2019 às 15h34.

Clipe de Daniela Mercury com Caetano Veloso sofre boicote na web

A campanha contra o clipe teria sido criada por eleitores do atual presidente da república

Redação
Foto: Célia Santos/ Divulgação
Foto: Célia Santos/ Divulgação

 

Lançado na última terça-feira (5) nas plataformas digitais, o clipe de ‘Proibido o Carnaval’, parceria de Daniela Mercury com Caetano Veloso, vem sendo alvo de boicote na internet.

A canção que faz crítica as recentes declarações da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves e foi dedicada ao ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), reúne mais de 350 mil desaprovações, contra 120 mil likes.

A campanha contra o clipe teria sido criada por eleitores do atual presidente da república, Jair Bolsonaro (PSL), justamente pelas críticas as declarações de Damares e pela alusão à “censura” feita pela baiana.

Por conta das críticas, o espaço de comentários no Youtube chegou a ser desabilitado. Caetano Veloso e Daniela não chegaram a comentar o caso diretamente, mas a artista republicou uma citação do poeta Fernando Pessoa. “A finalidade da arte não é agradar. O prazer é aqui um meio, não é neste caso um fim. A finalidade da arte é elevar”, escreveu dando a entender que seria uma resposta para a campanha negativa.

PUBLICIDADE