Publicado em 24/08/2019 às 17h30.

Globo mandou regravar cena de revelação de trans em ‘A Dona do Pedaço’, diz site

Originalmente, Abel chamaria Britney de “Frankenstein”; pedido de mudança veio do diretor de Dramaturgia da emissora, Silvio de Abreu

Redação
Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

 

A Globo mandou o autor Walcyr Carrasco reescrever a cena em que a personagem Britney (Glamour Garcia) revelou ser transexual para Abel (Pedro Carvalho), exibida no capítulo de quinta-feira (22) de “A Dona do Pedaço”. 

A pedido de Silvio de Abreu, diretor de Dramaturgia da emissora, Carrasco deixou a cena mais “respeitosa” e o material teve de ser regravado. A informação é do site Notícias da TV, do colunista Daniel Castro. 

No roteiro original, Abel teria uma reação muito agressiva ao descobrir que Britney nasceu Rarisson. Ele se afastaria da amada e a chamaria de Frankenstein, monstro criado pela britânica Mary Shelley (1797-1851) no século 18. “Eu… Eu devia dar uma surra em você, por ofender minha dignidade”, ameaçaria o português.

De acordo com o site, a Globo considerou o texto muito pesado. A cena poderia gerar reações controversas e ser encarada como transfóbica. A emissora confirmou que houve, de fato, um “reajuste de tom para deixar a cena um pouco mais leve e romântica”. 

No lugar do monstro de Frankenstein, porém, Abel chamou Britney de “extraterrestre”, ofensa que ocorrerá apenas na semana que vem.

Confira como seria a cena da revelação originalmente de acordo com o site

Britney: Fui criada como Rarisson. Mas sempre me sentia… Estranha, inadequada no corpo masculino, então, fui estudar no interior… Com uma bolsa… E me aceitei, fiz a transição… Tomei hormônios, me tornei mulher.

Abel: Mas… Não é possível…

Britney: Essa coisa estranha que você sente… É que eu nunca tirei o… O dito cujo.

Abel: O dito cujo, ó meu Deus.

Britney: Algumas fazem a operação, outras não. Mas isso não muda nada, eu sou mulher, tenho documentos como mulher, minha identidade é feminina. É isso que interessa. Sou mulher.

Abel: Mas não… Não… Mulher? Não é mulher coisa nenhuma. Eu sempre disse que para mim ou é homem ou é mulher… Ainda mais se você tem… O dito cujo! Não é mulher!

Britney: Abel, entenda… Eu demorei pra dizer a verdade porque te amo!

Abel: Sai de perto. Como pode se aproximar de mim, me enganar, se você é um despropósito, um erro?

Britney: Eu não sou um erro. Sou uma pessoa. Eu nasci no corpo de um homem, mas fiz a transição.

Abel: Não há transição. Você para mim é homem.

Britney: Homem? Tá vendo barba, cabelo, bigode?

Abel: Eu senti coisa pior! Muito pior para um gajo macho como eu. Eu… Eu devia dar uma surra em você, por ofender minha dignidade.

Britney: Tenta me dar uma surra que leva outra.

Abel: Mas nada farei. Quero distância de você. E lá na fábrica, não ouse se aproximar! Frankenstein!

Britney: Drácula!

PUBLICIDADE