Publicado em 10/02/2019 às 19h00.

‘O Brasil é preconceituoso pra cacete’, diz Zulu após polêmica com diretora da Vogue

O global compartilhou um desabafo nas redes sociais após o caso de racismo na festa da executiva Donata Meirelles

Redação
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

O ator Rafael Zulu usou as redes sociais para desabafar após o caso de racismo envolvendo a diretora da Vogue Brasil, Donata Meirelles. “Acordei com a notícia de que a queridíssimo diretora da Vogue Brasil proporcionou uma festa maravilhosa, incrível, regada a comidas e bebidas e colocando a negrada, os negros, para servirem ela como escravos”, começou o artista.

Através do seu perfil no Instagram, o global se mostrou bastante chateado com a situação e se juntou ao coro feito pelo ator baiano, Erico Brás, sobre a festa temática da socialite.

“Eu te pergunto para que isso não é? No meu pensamento não pode ser nada diferente de, sei lá, querer viver uma nostalgia, como um grande amigo meu Erico Brás deixou muito claro, uma nostalgia da época da escravidão. Você ai do outro lado deve tá “Ah Rafael isso ai é exagero, imagina, jamais uma diretora da Vogue vai fazer uma coisa dessa”, mas fez. Fez justamente para viver esse passado, que nem é tão antigo assim, é um passado recente, mas que esta enraizado pra caralho”, disse Rafael.

(Vídeo desabafo de Erico Brás)


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Érico Brás (@ericobras) em

Em sua crítica o artista afirmou que o Brasil é um país extremamente racista e a ocasião com Donata Meirelles acabou servindo como uma forma de alerta.

“O Brasil é preconceituoso pra cacete. É muito, é preciso ser preto para saber, é preciso ser muito preto para saber como o país é racista e ainda existem pessoas como a diretora da Vogue e sua corja que fazem isso. Eu tô puto, tô puto mesmo, porque a gente já saiu desse lugar a muito tempo, e a gente batalha pra cacete para tentar continuar saindo desse lugar, mas insistem diariamente em colocar a gente no lugar de escravos. Não acabou!”, pontuou.

Zulu finalizou o desabafo mandando um recado para a executiva da revista: “Então que fique muito claro ai para vocês brancos, preconceituosos para caralho, que da mesma maneira que vocês querem que a gente volte para a senzala, a gente quer colocar fogo nessa senzala. Então a gente não vai se calar. Valeu senhora diretora da Vogue, foi incrível você ter preparado esse terreno maravilhoso e racista, para a gente estar aqui dando esse tapa de pelica em vocês e dizendo que a gente não tá dormindo e tão pouco morto”.

Após a polêmica envolvendo a comemoração dos 50 anos da empresária, Ivete Sangalo saiu em defesa de Donata em uma apresentação.

A baiana foi convidada pela anfitriã a se apresentar em uma segunda festa realizada também em Salvador. No palco ao lado de Preta Gil, a cantora afirmou que a diretora era uma pessoa do bem e carinhosa.

Nas redes sociais não só Ivete, como Preta Gil e Caetano Veloso, que também se apresentou no evento, foram criticados por não se posicionarem contra a situação.

PUBLICIDADE