Publicado em 04/03/2021 às 12h58.

Na TV, técnico pede pausa no futebol por causa da Covid: ‘É hora de segurar a vida’

Treinador Lisca, do América-MG, fez desabafo antes de jogo pelo Estadual

Redação
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

 

O técnico Lisca, do América-MG, desabafou ao vivo, na TV, diante do pior momento da pandemia no Brasil e defendeu uma pausa no calendário do futebol.

“O nosso país parou, gente! Não tem lugar nos hospitais, eu estou perdendo amigos, perdendo amigos treinadores. Não é hora mais. É hora de segurar a vida, velho”, lamentou ele, conhecido como ‘doido’, na noite desta quarta-feira (3), ao canal Premiere.

O América acabou vencendo a partida pelo Campeonato Mineiro contra o Athletic por 1 a 0.

“É inacreditável sair uma tabela da Copa do Brasil hoje [quarta], com jogos dia 10, 17 [de março], 80 clubes que nós vamos levar jogadores com delegação de 30 pessoas para um lado e para o outro do país”, continuou, e cobrou a cartolagem do futebol brasileiro.

“Vai pegar uma delegação do Sul e levar para Manaus, como que vocês vão fazer isso, gente!? Presidente [Rogério] Caboclo [da CBF], pelo amor de Deus, Juninho Paulista [coordenador], Tite [técnico da seleção brasileira], Cléber Xavier [auxiliar-técnico], as autoridades, nós estamos apavorados, pelo amor de Deus”, encerrou.

Nesta quarta, o Brasil registrou 1.840 mortes pela Covid-19 em 24 horas, segundo o concórsio da imprensa, um recorde, e chegou ao 42º dia seguido com média móvel acima dos mil óbitos. O país também superou os EUA no número de novas mortes por milhão habitantes.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.