Publicado em 28/02/2020 às 06h14.

Técnico Geninho assume partida ruim, mas diz que ‘principal foi atingido’

"O principal foi atingido, que era a vitória, para que subisse na classificação e continuasse com chances reais de classificação", ressaltou

Redação
Foto: Letícia Martins/EC Vitória
Foto: Letícia Martins/EC Vitória

 

O técnico do Vitória, Geninho, admitiu que o time não fez um grande jogo contra o CRB na noite de quinta-feira (27), no Barradão, quando venceu por 2 a 1 pela Copa do Nordeste.

Com o resultado, o leão assumiu a vice-liderança do Grupo B do regional e se manteve invicto em 2020.

“O principal foi atingido, que era a vitória, para que subisse na classificação e continuasse com chances reais de classificação entre os quatro. Jogo difícil, adversário complicado, experiente, que também precisava do resultado. Jogo truncado, de muita falta, muito erro de passe, nervoso, de muita correria. Pode ver que sempre se faz uma análise de posse de bola. Nenhum dos dois times tiveram posse de bola. Dividiram uma posse de bola baixa. Um jogo de muito chutão, muita bola disputada no alto, muito choque. Não teve uma qualidade técnica muito grande”, disse em entrevista coletiva após o jogo.

“Nós já tivemos jogos aqui, o próprio Vitória já fez alguns jogos em que demonstrou mais qualidade, futebol melhor, saída de bola mais arrumada. Mas gostei de alguma coisa. O time, em alguns momentos, conseguiu velocidade na transição, que não vínhamos fazendo muito. Criamos outras chances e cedemos algumas possibilidades para o adversário, que não é muito normal, porque o Vitória vinha tendo, do meio para trás, seu melhor setor. Hoje o CRB chegou algumas vezes na minha área, criou algumas situações de gol, que não vínhamos sofrendo. Jogo diferente dos outros que tivemos, vamos ter que ter muita calma, olhar o vídeo, ver o que aconteceu, onde erramos, para que ajuste, para que nós não corramos risco nos próximos jogos que corremos neste jogo”, completou.