Publicado em 06/03/2017 às 09h58.

CNJ deve concluir julgamento de desembargadores baianos nesta terça

Na última sessão, o relator do processo proferiu seu voto e pediu a pena de disponibilidade dos magistrados Telma Britto e Mário Hirs

Redação
Foto: Alberto Coutinho/Agecom e Maíra do Amaral / CMS
Foto: Alberto Coutinho/Agecom e Maíra do Amaral / CMS

 

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) deve retomar, nesta terça-feira (7), o julgamento do processo administrativo disciplinar contra os ex-presidentes do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), Telma Britto e Mário Alberto Hirs.

Os magistrados são acusados de não terem tomado as providências necessárias para sanar supostas irregularidades na gestão da área de precatórios do TJ-BA.

Na última sessão, o relator do processo, conselheiro Arnaldo Hossepian, proferiu seu voto e pediu a pena de disponibilidade aos dois desembargadores. O julgamento foi interrompido por um pedido de vista (mais tempo para estudar o caso) do corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha.

PUBLICIDADE