Publicado em 14/09/2019 às 07h00.

Dodge solicita apuração criminal de violação do sigilo de Gilmar Mendes

Procuradora afirma que fisco classificou o vazamento dos dados de Mendes como acidental

Redação
Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, solicitou ao Ministério da Justiça, na quinta-feira (12), a abertura de inquérito policial contra dois servidores da Receita apontados pelo próprio órgão como os responsáveis pelo vazamento de dados sigilosos do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a publicação, no ofício, Dodge afirma que o fisco classificou o vazamento dos dados de Mendes como acidental após investigação administrativa interna, mas ressalta que isso não exclui a necessidade de apuração criminal, já que os dados do ministro e de qualquer contribuinte são protegidos por sigilo legal.

PUBLICIDADE