Publicado em 15/07/2019 às 20h20.

Julgamento sobre anulação de júri de Kátia Vargas será dia 31 de julho

Prevista para começar às 8h30, sessão será aberta ao público

Redação
Foto: Reprodução/Youtube
Foto: Reprodução/Youtube

 

Foi remarcado para o dia 31 de julho o julgamento sobre a possível anulação do júri popular que absolveu a oftalmologista Kátia Vargas, acusada de atropelar e matar os irmãos Emanuel e Emanuelle, em outubro de 2013. A sessão, prevista para começar às 8h30, será aberta ao público.

Segundo informações do jornal Correio, o caso seria analisado nesta quarta-feira (17), mas foi adiado em razão de uma sessão extraordinária no Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

O relator é o desembargador Lourival Almeida Trindade, que será auxiliado pelo revisor é Carlos Roberto Santos Araújo.

Em dezembro de 2017, sete pessoas consideraram Kátia Vargas inocente, corroborando a versão de sua defesa, de que ela não provocou a colisão que acabou com a morte dos irmãos, no bairro de Ondina, em Salvador.

A decisão, contudo, foi reformada por desembargadores da Segunda Turma da Câmara Criminal do TJ-BA.

Agora, vinte desembargadores da Seção Criminal da corte avaliarão se o julgamento que a absolveu há dois anos deve ou não ser anulado.

PUBLICIDADE