Publicado em 23/09/2020 às 22h00.

MPF pede que Justiça analise pedido de afastamento do ministro Ricardo Salles

Ministério Público diz que presença de Salles traz 'consequências trágicas à proteção ambiental'

Redação
Foto: Roque de Sá/Agência Senado
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

 

O Ministério Público Federal do Distrito Federal (MPF-DF) pediu que a Justiça analise o pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nesta quarta-feira (23). Segundo o G1, o MPF afirma que a permanência do ministro no órgão federal traz “consequências trágicas à proteção ambiental, especialmente pelo alarmante aumento do desmatamento, sobretudo na floresta amazônica”.

A ação contra o ministro foi apresentada em julho deste ano por suspeita de improbidade administrativa. Na época, o pedido foi apresentado à Justiça Federal em Brasília e em seguida foi transferido para a Seção Judiciária de Santa Catarina. Contudo, a ação permaneceu na capital do país após uma determinação do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

A assessoria do Ministério do Meio Ambiente ainda não se manifestou sobre a decisão.