Publicado em 13/08/2019 às 06h41.

STF decide nesta quarta se afasta Aroldo Cedraz

Ministro baiano é denunciado por tráfico de influência em um dos inquéritos originados da Lava Jato

Redação
Foto: Jane de Araújo/ Agência Senado
Foto: Jane de Araújo/ Agência Senado

 

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decide nesta terça-feira (13) se afasta ou não o baiano Aroldo Cedraz do cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). A informação é da coluna Satélite, do jornal Correio*.

O ministro é denunciado por tráfico de influência em um dos inquéritos originados da Lava Jato.

O julgamento do caso, relativo a suspeitas de recebimento de propina para que Cedraz favorecesse a construtora UTC em processos do tribunal, ocorreria semana passada, mas foi adiado. Na Procuradoria-Geral da República, autora da denúncia, aposta-se em arquivamento.

PUBLICIDADE