Publicado em 02/12/2020 às 13h24.

STJ julga nesta quarta recurso da PGR contra arquivamento de processo de juiz que ofendeu guarda

Desembargador ficou "famoso" após um vídeo viralizar nas redes sociais onde ele chama o guarda muncipal de “analfabeto” e rasga a multa que recebeu

Redação
Foto: Reprodução/GloboNews
Foto: Reprodução/GloboNews

 

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julga nesta quarta-feira (2) o recurso da Procuradoria Geral da República (PGR) contra decisão do ministro Raul Araújo, que negou a abertura de inquérito contra o desembargador Eduardo Siqueira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), após ele ofender um guarda municipal em Santos-SP.

O desembargador ficou “famoso” após um vídeo viralizar nas redes sociais onde ele, após ser abrodado por um guarda municipal de Santos, por estar sem máscara de proteção, deu uma “carteriada” no profissional.

Siqueira foi multado após ofender o guarda, a quem chamou de “analfabeto”. Logo após a advertência, ele rasgou a multa e telefonou para o Secretário de Segurança para que tomasse providências em seu favor.