Publicado em 24/02/2017 às 16h00.

TJ-SP manda prender o ex-goleiro Edinho por 12 anos

O filho do Rei Pelé foi condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. A pena inicial era de 33 anos e 4 meses

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O recurso de apelação do ex-goleiro Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, foi julgado nesta quinta-feira (23) pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Ele responde pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. A Corte condenou Edinho e reduziu sua pena de 33 anos e quatro meses de reclusão para 12 anos e dez meses em regime fechado.

O filho do Rei Pelé aguardou em liberdade o julgamento da apelação. O TJ-SP recomendou que a 1ª Vara Criminal de Praia Grande, na qual tramitou a ação penal, expeça o mandado de prisão de Edinho. Assim que for publicado o mandado, ele deverá ser preso. Essa seria a quarta prisão do ex-goleiro pelo mesmo processo e a sentença será cumprida em regime fechado, caso se consume.

PUBLICIDADE