Publicado em 20/03/2020 às 11h51.

Dezenas de padres católicos já morreram na Itália por causa do coronavírus

País é o que tem mais vítimas fatais em função da doença

Redação
Foto: Benhur Arcayan/ Malacañang Photo Bureau/EBC
Foto: Benhur Arcayan/ Malacañang Photo Bureau/EBC

 

País com maior estrago provocado pelo coronavírus até o momento, a Itália tem visto dezenas de padres morrerem nos últimos dias por causa da Covid-19.

Segundo o jornal católico Avvenire, a diocese de Bérgamo, uma das cidades mais afetada pela pandemia, confirmou que pelo menos 10 padres morreram depois de contrair a doença.

Na edição do dia 15 de março, o jornal L’Eco di Bergamo noticiou a morte de cinco padres na diocese de Parma, dois em Milão e Cremona e um em Brescia.

A rádio da Conferência Episcopal Italiana, InBlu, explica que os padres devem evitar a unção dos enfermos, sacramento católico para pessoas doentes que estão próximas da morte.