Publicado em 26/09/2022 às 11h59.

Emerson Fittipaldi perde eleição para o Senado da Itália

Com 31.386 votos, o ex-pilotor da Fórmula 1 concorreu pelo FdI (Fratelli d’Italia ou, em português, Irmãos da Itália), da direitista Giorgia Meloni

Redação
Foto: Reuters
Foto: Reuters

 

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro,  o bicampeão de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi, perdeu as eleições para uma vaga no Senado da Itália, destinada a cidadãos italianos na América do Sul.

Segundo dados apurados pelo Ministério do Interior nesta segunda-feira(26), Fittipaldi teve 31.386 votos. Ele concorreu pelo FdI (Fratelli d’Italia ou, em português, Irmãos da Itália), da direitista Giorgia Meloni. A coligação liderada pelo partido venceu as eleições de domingo (25).

Na Itália, o Congresso permite que 3 vagas sejam preenchidas por pessoas com cidadania italiana que vivem América do Sul. São duas vagas na Câmara dos Deputados e uma vaga no Senado. Para se candidatar, é necessário ter cidadania italiana reconhecida, independente da geração

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.