Publicado em 21/01/2021 às 19h20.

Empresas de Trump perderam mais da metade da receita durante pandemia

Edifícios do magnata do setor imobiliário possuem mais de US$ 1 bilhão em dívidas

Redação
Foto: Andrea Hanks/Casa Branca
Foto: Andrea Hanks/Casa Branca

 

As empresas do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump registraram queda de mais da metade dos ganhos durante a pandemia do novo coronavírus. A informação foi detalhada pelo empresário na última prestação de contas apresentada como presidente dos EUA.

O Hotel Trump em Washington teve uma receita de US$ 15,1 milhões em 2020, no ano anterior, os ganhos com o estabelecimento foram de US$ 40,5 milhões. Já em Las Vegas, as vendas caíram de US$ 23,3 milhões para US$ 9,2 milhões. O Doral Golf Resort em Miami também teve queda na receita, saindo de US$ 77 milhões para US$ 44 milhões.

A renda total do ex-presidente também caiu em 2020 e nos primeiros 20 dias de 2021, e agora gira em torno de US$ 273 milhões e US$ 308 milhões. Na primeira divulgação financeira feita por Trump como presidente dos EUA, em 2017, os ganhos ultrapassaram US$ 528,9 milhões em 15 meses e meio.

O patrimônio do magnata do setor imobiliário caiu US$ 500 milhões em comparação com o que era quando assumiu o cargo. Segundo o Bloomberg Billionaires Index, patrimônio atual de Trump é avaliado em US$ 2,5 bilhões. Apenas os edifícios do empresário possuem mais de US$ 1 bilhão em dívidas. As informações são da Exame.