Publicado em 21/01/2016 às 16h00.

Fogo em terminal de petróleo na Líbia provoca catástrofe ambiental

Incêndio é resultado de um ataque realizado por militantes do Estado Islâmico, segundo a empresa estatal National Oil Corporation (NOC)

Agência Estado

A estatal National Oil Corporation (NOC) da Líbia confirmou a informação de que está ocorrendo um grande incêndio de petróleo no terminal petrolífero de Ras Lanuf nesta quinta-feira (21), em comunicado divulgado no site da companhia. A NOC qualificou o incidente como uma “catástrofe ambiental”, que deve causar problemas respiratórios em pessoas na área do norte da Líbia, onde há também outras instalações do setor de petróleo

O incêndio é resultado de um ataque realizado por militantes do Estado Islâmico, segundo a empresa. O ataque é um dos vários a atingir Ras Lanuf nas duas últimas semanas, o que levou ao colapso de geradores de energia e afetou a oferta de eletricidade na cidade.

A NOC tentou remover qualquer petróleo em estoque há uma semana na área, para mitigar potenciais problemas se outro ataque ocorresse. Mas questões de segurança impediram que esses tanques para transporte fossem carregados.

Ras Lanuf não tem exportado petróleo nos últimos dois anos, devido à contínua instabilidade política no país do norte africano.

Na terça-feira, a Agência Internacional de Energia (AIE) disse que as oportunidades da Líbia para voltar ao mercado global de petróleo são ameaçadas por repetidos ataques contra seus pontos de produção e armazenamento da commodity. A contribuição da Líbia para a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) ficou em apenas 0,06% da produção total do grupo em 2015.

Fonte: Dow Jones Newswires