Publicado em 25/12/2015 às 13h20.

Mais de 200 imigrantes tentam nadar do Marrocos até a Espanha

Centenas de africanos tentam entrar nos enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla todos os anos, na esperança de obter uma vida melhor

Agência Estado

Agências de notícias do Marrocos e da Espanha afirmam que mais de 200 imigrantes tentaram nadar para a Espanha, através do enclave norte-africano de Ceuta nesta sexta-feira (25). Cerca de 180 pessoas conseguiram fazer a travessia, entretanto, duas morreram, 12 ficaram feridas e outros foram interceptados antes de entrar na Espanha.

A agencia de notícias estatal do Marrocos, MAP, divulgou que os imigrantes iniciaram a travessia cerca de duas da manhã (hora local), mas 104 foram parados pela polícia marroquina.

O canal de televisão espanhol TVE mostrou imagens dos imigrantes sendo ajudados por serviços de resgate na Espanha e divulgaram que cerca de 180 conseguiram chegar ao continente e que alguns pularam uma cerca na fronteira.

Centenas de imigrantes africanos tentam entrar nos enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla todos os anos, na esperança de obter uma vida melhor na Europa. A Espanha afirmou que 15 pessoas morreram tentando chegar à Ceuta no ano passado. Fonte: Associated Press

PUBLICIDADE