Publicado em 30/09/2022 às 07h57.

Putin deve assinar decretos sobre anexação de regiões da Ucrânia

Donetsk, Luhansk e grande parte de Kherson e Zaporizhzhia serão anexadas pelos russos

Redação
Foto: Fotos Públicas
Foto: Fotos Públicas

 

O presidente Vladimir Putin deve assinar acordos, nesta sexta-feira (30), que irão anexar à Rússia territórios ucranianos. Conforme a CNN, será a maior tomada forçada de terras na Europa desde 1945.

Os acordos serão assinados numa cerimônia no Kremlin três dias após referendos realizados apressadamente nas quatro áreas da Ucrânia que o governo de Moscou vai, agora, considerar como território russo.

As regiões, que terão líderes russos anunciados em breve, são: Donetsk, Luhansk e grande parte de Kherson e Zaporizhzhia, uma faixa ucraniana que contém indústria pesada, terras agrícolas férteis e um canal fundamental de água doce para a Crimeia.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, por sua vez, afirmou que, se o Kremlin prosseguir com a anexação, qualquer negociação com Putin será impossível.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.