Publicado em 07/05/2019 às 12h00.

Quase metade do Congresso espanhol será formado por mulheres

Ao todo, são 166 deputadas que representam 47,4% do Parlamento - o maior da Europa - enquanto no Brasil, número não ultrapassa os 15%

Luiz Felipe Fernandez
Foto: Reprodução/YouTube
Foto: Reprodução/YouTube

 

Quase metade das cadeiras do Parlamento da Espanha serão ocupadas por mulheres. Com o resultado das eleições do dia 28 de abril, o país agora é o que tem maior representatividade na Europa, com 166 deputadas e 184 deputados – um aumento de 8% desde 2016.

Em realidade completamente distinta, a Câmara dos Deputados no Brasil é composta por apenas 77 mulheres, o que representa apenas 15% do total. Ainda assim, é um crescimento em comparação à última legislatura, que tinha apenas 10% das cadeiras ocupadas por lideranças femininas.

De acordo com um levantamento feito pela ONU Mulheres em 2017, o Brasil ocupava a 154ª posição entre os países com a maior participação de mulheres no Parlamento. Entre os países latino-americanos, o Brasil segue ainda bem abaixo da média de 28,8%.

A média na União Europeia da presença feminina nos parlamentos é de 31,5% . Com o resultado, a Espanha subiu para a quinta posição no ranking mundial, atrás apenas de Ruanda (61,3%), Cuba (53,2%), Bolívia (53,1%) e México (48,2%).

PUBLICIDADE