Publicado em 01/01/2016 às 16h00.

Quinze pessoas morrem em naufrágio no Rio Nilo

Causas da tragédia ainda estão sob investigação, mas podem estar associadas ao excesso de lotação

Agência Brasil
rio nilo
Acidentes no Rio Nilo são relativamente comuns (Divulgação)

Pelo menos 15 pessoas morreram e duas ficaram feridas na noite de ontem (31), depois de um naufrágio no Rio Nilo. Segundo fontes policiais, o acidente ocorreu entre as províncias egípcias de Baheira e Kafr el Sheij.

A embarcação, com 17 pessoas a bordo, fazia a ligação entre os povoados de Sandion e Deirut, cada uma numa das margens do Nilo, no norte do Egito.

As forças de resgate fluvial concluíram as buscas após encontrar todos os corpos, entre eles uma mulher e seus três filhos. As autoridades anunciaram uma indenização aproximada de US$ 1,3 mil às famílias das vítimas mortas.

Lotação – As causas do acidente estão sendo investigadas, mas as autoridades consideram que o excesso de passageiros a bordo ou as más condições climáticas poderão estar na origem do naufrágio.

Este tipo de acidente é relativamente comum no Nilo, sobretudo devido ao estado precários das embarcações e ao excesso de viajantes.

Um dos piores acidentes desse tipo no Egito ocorreu em 25 de maio de 1983, quando 326 pessoas morreram no Nilo.

PUBLICIDADE