Publicado em 20/11/2020 às 10h45.

Vaticano investiga curtida do perfil do Papa em foto sensual de modelo brasileira

A curtida do pontífice foi dada no dia 13 de novembro e rapidamente viralizou nas redes sociais

Redação
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

Um like um tanto quanto aleatório feito pelo perfil do Papa Francisco no Instagram virou motivo de investigação por parte do Vaticano.

A foto em questão é da modelo brasileira, Natalia Garibotto, que aparece vestindo uma lingerie sexy de uniforme escolar.

A curtida do pontífice foi dada no dia 13 de novembro e rapidamente viralizou nas redes sociais. Por conta disso o Vaticano abriu uma investigação para saber quem foi o responsável pelo pecado cometido, que teve o like removido no dia seguinte.

De acordo com fontes ligadas à assessoria de imprensa do Vaticano em entrevista à agência CNA, o perfil do Papa é administrado por terceiros e por isso a investigação interna para descobrir a origem da curtida.

A empresa responsável pela comunicação da modelo se aproveitou do like do Papa para fazer publicidade em cima do acontecimento. “Pelo menos eu vou para o céu”, brincou Natalia.