Publicado em 17/03/2020 às 09h11.

Coronavírus: prefeitura suspende aulas nas redes públicas e privadas de ensino

Decreto foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (17)

Redação
Foto: Ananda Borges/ Câmara dos Deputados
Foto: Ananda Borges/ Câmara dos Deputados

 

A prefeitura da cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, em decisão conjunta com a Câmara de Vereadores e dirigentes escolares, suspendeu por 15 dias as aulas nas escolas da rede municipal, a partir desta terça-feira (17), e creches públicas e escolas da rede privada a partir da quarta (18), devido ao surto do coronavírus pelo Brasil.

O decreto foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (17), vale também para universidades, academias de ginásticas, parques, cinemas, teatros e demais casas de espetáculo.

As atividades do restaurante popular, cozinha comunitária da Itinga, CRAS, CREAS e Central do programa Bolsa Família também foram suspensas pelo mesmo período.

O decreto foi discutido com dirigentes da rede municipal de educação à tarde, e recebeu os últimos ajustes durante reunião da prefeita Moema Gramacho, no início da noite, com representantes de escolas particulares. “A suspensão das aulas é uma ação importante para evitar aglomerações e combater essa pandemia”.

A prefeitura já havia anunciado, na semana passada, a suspensão pelo prazo de 30 dias de eventos que exijam licença do poder público ou patrocinados pela gestão municipal e orientado bares a restaurantes a respeitarem distância mínima de dois metros entre mesas.

“Não temos casos confirmados no município, mas precisamos nos antecipar e adotar medidas de prevenção e alerta à população para os cuidados que cada um deve adotar”, destacou a prefeita Moema Gramacho durante a reunião com vereadores e secretários municipais.

PUBLICIDADE