Publicado em 06/09/2019 às 11h09.

Investigado pelo MP-BA, ex-prefeito deve ser ouvido na próxima segunda

Ricardo Machado é acusado de participar de um esquema de corrupção que desviou, pelo menos, R$ 24 milhões dos cofres da prefeitura

Matheus Morais
Foto: Carol Garcia/GOVBA
Foto: Carol Garcia/GOVBA

 

Após diversos adiamentos, o ex-prefeito da cidade de Santo Amaro, no Recôncavo do estado, Ricardo Machado (PT), deve ser ouvido em audiência na próxima segunda-feira (9), às 9h30.

O petista alegou problemas de saúde para não comparecer às últimas oitivas.

Machado é investigado na Operação Adsumus, do Ministério Público da Bahia (MP-BA), acusado de participar de um esquema de corrupção que desviou, entre 2011 e 2016, pelo menos R$ 24 milhões dos cofres da Prefeitura de Santo Amaro.

Opositores de Machado, ouvidos pelo bahia.ba, afirmam que o ex-prefeito vem se reunindo com correligionários para articular os rumos do seu grupo político nas eleições de 2020.

Ele está solto desde o dia 13 de novembro de 2018.

PUBLICIDADE