Publicado em 08/03/2019 às 07h21.

Professores da rede municipal entram em greve a partir de segunda-feira (11)

Profissionais da educação afirmam que o prefeito da cidade não cumpriu acordo

Redação
Foto: APLB/Divulgação
Foto: APLB/Divulgação

 

Os professores da rede municipal de Feira de Santana decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (11). O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB) de Feira de Santana, Marlede Oliveira, disse ao portal Acorda Cidade que o prefeito Colbert Martins Filho não respondeu a pauta de reivindicação.
“A categoria decidiu por maioria absoluta que haverá greve porque o prefeito não deu resposta à nossa pauta. No dia 27 de novembro paralisaremos nossas atividades e tivemos uma audiência com Colbert e ele nos pediu 15 dias para dar uma resposta, mas já estamos em 7 de março e o governo municipal ainda não respondeu”, disse o representante do sindicato ao portal.
Nesta sexta-feira (8), os professores participarão da passeata do Dia Internacional da Mulher. A concentração será na Praça do Nordestino, centro de Feira de Santana, às 8h.
Já na segunda-feira, primeiro dia de greve, categoria estará na Câmara Municipal de Vereadores às 8h, onde haverá uma assembleia.

PUBLICIDADE