Publicado em 16/02/2017 às 13h30.

Servidores da Uneb decretam greve por tempo indeterminado

Apesar de não haver prazo definido para retorno das atividades dos funcionários, as aulas na universidade não foram afetadas

Redação
(Foto: am730/ Juazeiro)
Foto: am730/ Juazeiro

 

Servidores terceirizados da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Juazeiro, no norte baiano, entraram em greve nesta quarta-feira (15) – 26 funcionários que prestam serviços de limpeza, jardinagem e alimentação de animais.

O grupo cobra o pagamento de salários dos meses de dezembro de 2016, e janeiro de 2017. Ao G1, a empresa Base Terceirização informou que não pagou os funcionários porque não recebeu o repasse da universidade.

Apesar de não haver prazo definido para retorno das atividades dos funcionários, as aulas na universidade não foram afetadas pela greve até o momento.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.