Publicado em 19/04/2021 às 10h32.

Afonso Florence critica Ciro Gomes: ‘Insiste em fingir que é oposição a Bolsonaro’

Deputado federal afirma que ex-ministro ajudou a eleger o presidente Jair Bolsonaro

Matheus Morais
Fotos: divulgação/edição bahia.ba
Fotos: divulgação/edição bahia.ba

 

O deputado federal Afonso Florence (PT) criticou a declaração do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) que disse que uma possível candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva é “desserviço ao país”.

Para o petista, Ciro “insiste no movimento que fez no segundo turno de 2018, quando “ajudou eleger Bolsonaro”. “Agora, insiste em fingir que é oposição a Bolsonaro, se aliando a aliados dele para tentar derrotar o PT. Essa proximidade insisto, mal disfarçada de Ciro com Bolsonaro, ajuda explicar sua virulência”, escreveu em seu perfil no Twitter.

Em entrevista ao jornal A Tarde, Ciro Gomes afirmou que Lula é um fator de ódio. “O Bolsonaro vai começar e a cada pesquisa o Lula vai mostrar que ganha dele no primeiro turno, que ganha folgado dele no segundo turno, o que é que vai acontecer? O Bolsonaro vai procurar avivar aquilo que deu vitória a ele e que derrotou o Haddad, qual é?”, questionou o ex-ministro.

“O sentimento de frustração com o ex-petismo. Aí vem tudo. “Ah, quem está roubando é o seu filho, não, porque o PT é corrupto, não, corrupto é você”. E o país aguenta isso? Essa é a questão. O país aguenta? Então é um desserviço ao país a candidatura do Lula. O Lula devia sair da disputa eleitoral e se colocar com a responsabilidade de um ex-presidente que foi muito querido pelo povo em um discurso de unidade do país, reconciliação do Brasil”, completou.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.