Publicado em 25/04/2019 às 17h45.

Bolsonaro derruba campanha do BB marcada pela diversidade e diretor é exonerado

Segundo o colunista Lauro Jardim, do Globo, a peça tinha, por exemplo, atores e atrizes negros e jovens tatuados com anéis e cabelos compridos

Redação
xcampanha.jpg.pagespeed.ic.b7Iwcctkmg
Foto: Reprodução

 

O presidente Jair Bolsonaro vetou uma campanha publicitária do Banco do Brasil em defesa da diversidade e dirigida ao público jovem, informa o colunista Lauro Jardim, do Globo.

Conforme o jornalista, a peça tinha, por exemplo, atores e atrizes negros e jovens tatuados com anéis e cabelos compridos.

Ainda segundo o colunista, o diretor de Comunicação e Marketing do banco, Delano Valentim, foi exonerado.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.