Publicado em 25/04/2019 às 14h40.

Bolsonaro minimiza atrito entre filho e Mourão: ‘Dormindo todo dia juntos’

Durante café da manhã com jornalistas, presidente foi perguntado sete vezes sobre o tema e negou qualquer mal-estar

Redação
Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

 

O presidente Jair Bolsonaro tentou minimizar a crise entre o seu filho Carlos Bolsonaro e o vice-presidente Hamilton Mourão (veja aqui e aqui), durante café da manhã com a imprensa nesta quinta-feira (25), no Palácio do Planalto.

Questionado sobre a série de tuítes de Carlos contra o general, o presidente voltou a usar uma metáfora conjugal. “Não tem atrito. Estamos dormindo todo dia juntos, dando beijinho a noite toda. Briga aqui é só para ver quem vai lavar a louça”, disse, aos risos.

Ao seu lado, Mourão acrescentou: “Ou para ver quem vai cortar a grama”.

Durante o café da manhã, o chefe do Palácio do Planalto foi perguntado sete vezes sobre o tema e negou qualquer mal-estar.

Ao comentar o assunto, o vice-presidente afirmou que “cada um tem direito de falar o que quiser”.

Quando respondia pela quinta vez sobre o tema, Bolsonaro foi interrompido pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, que acusou a imprensa de ter uma “obsessão” em gerar uma desavença entre núcleos do governo.

“Tentar plantar essa discórdia é batalha perdida. Parem”, disse aos jornalistas. Com informações da Época.

PUBLICIDADE

Mais notícias