Publicado em 06/03/2016 às 14h00.

DEM vai questionar viagem de Dilma a São Bernardo do Campo

"Queremos saber por que ela usou o avião e o helicóptero da Presidência para visitar o Lula", contesta Pauderney Avelino

Agência Estado
Foto: Ananda Borges/ Câmara dos Deputados
Foto: Ananda Borges/ Câmara dos Deputados

 

O partido Democratas (DEM) pretende apresentar, nesta segunda-feira (7), um requerimento de informações à Presidência da República e à Casa Civil para saber quem pagou pela viagem da presidente Dilma Rousseff a São Bernardo do Campo (SP), no último sábado, onde ela se reuniu durante uma hora com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Queremos saber por que ela usou o avião e o helicóptero da Presidência para visitar o Lula”, disse o líder do partido da Câmara, Pauderney Avelino (AM) ao Estado. “Isso não é um ato da Presidência, é um ato político.”

Para o líder, ela até poderia ter feito a visita. Mas não bancada pelos cofres públicos. “O País, na situação em que se encontra, quebrado, e ela fazendo essas transgressões, a meu ver ”

O deputado informou que os parlamentares de oposição estão mobilizados para, já na segunda-feira, estarem em número suficiente para abertura da sessão no plenário da Câmara, às 14h. São necessários 51 deputados. O objetivo é fazer discursos centrando fogo contra o governo. “E, a partir da terça-feira, obstrução total.” Os partidos contrários ao governo não querem votar nada até que a comissão especial que vai analisar o impeachment de Dilma seja instalada.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.