Publicado em 04/03/2021 às 09h34.

Impeachment de Bolsonaro: professores e pesquisadores da saúde endossam pedido

O professor da USP Paulo Lotufo, a médica sanitarista Ana Maria Malik e pesquisadores da Fiocruz assinaram o documento

Redação
Foto: Carolina Antunes/PR
Foto: Carolina Antunes/PR

 

Mais um grupo decidiu endossar o pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Professores e pesquisadores da área de saúde reforçaram o pedido, acusando o presidente de crime de responsabilidade durante o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Ex-secretário de Saúde de São Paulo, José da Silva Guedes se juntou ao professor da USP (Universidade de São Paulo) Paulo Lotufo e à médica sanitarista Ana Maria Malik para endossar o pedido que já havia sido protocolado em fevereiro contra o Bolsonaro.

Também assinam o documento pesquisadores da Fiocruz. A autoria do pedido é do ex-ministro José Gomes Temporão e do fundador da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Gonzalo Vecina Neto. Com informações da coluna Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.