Publicado em 16/05/2019 às 17h43.

Leão quer modelo de enoturismo de Portugal em Chapada e Vale do São Francisco

Vice-governador se encontrou com empresários portugueses para falar sobre possível parceria

Redação
Foto: Ascom/SDE
Foto: Ascom/SDE

 

Em visita à rota do vinho, na região Douro Vinhateiro em Portugal, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão (PP), conversou com empresários portugueses sobre sua intenção de transformar as regiões baianas da Chapada Diamantina, Vale do São Francisco e do Rio Grande em um polo de enoturismo, de referência internacional.

A ideia, segundo ele, é instalar na Bahia o know how das vinícolas e o modelo de roteiro do eno e agroturismo dos portugueses, que vai do cultivo de uva e degustação das bebidas à infraestrutura de hotéis e restaurantes.

“Portugal é um dos principais destinos do enoturismo no mundo. E é isso que queremos para a Bahia. Estamos convidando empresários interessados em ir à Bahia conhecer nosso potencial e investir, para termos ainda mais um turismo acentuado, vinhos maravilhosos e vinícolas de qualidade. Além, é claro, de gerar muitos empregos em toda cadeia produtiva. Chegaremos lá, tenho certeza disso”, disse o vice-governador.

Para Vasco Parente, diretor do Hotel Vila Galé Vineyards, situado na centenária Quinta Val Moreira, é possível transportar para a Bahia os produtos e a estrutura do turismo com foco na cultura do vinho, praticados em Portugal.

“Queremos proporcionar experiências diferenciadoras para pessoas que sabem apreciar. E é nesse sentido que trabalhamos diariamente”, afirmou.

 

PUBLICIDADE