Publicado em 23/05/2019 às 12h00.

Líder do DEM chama governo de ‘canalha’ e diz não mexer com ‘laranja’

Em discurso exaltado, o deputado Elmar Nascimento criticou colegas e afirmou que muitos defendem o fechamento do Congresso

Alexandre Santos
Câmara dos Deputados
Foto: Câmara dos Deputados

 

Em um discurso exaltado, o líder do DEM na Câmara, Elmar Nascimento (BA), afirmou não mexer com “laranjas” e acusou parlamentares da base do governo Jair Bolsonaro (PSL) de terem “procedimento canalha”.

“Puxa a ficha corrida de vocês. Eu não mexo com laranja, eu não tenho plantação de laranja. Eu não me escondo de Justiça. Não tenho procedimento de moleque, procedimento de quem não se respeita. O procedimento que está havendo nessa Casa por parte do governo é um procedimento canalha”, disse o parlamentar na noite desta quarta-feira (22), durante sessão que, dentre outras pautas, votou atribuições acerca de investigações de auditores fiscais.

Sem mencionar nomes, Elmar Nascimento fazia menção ao suposto esquema de candidaturas comandado pelo hoje ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

“Tenho 26 anos de vida pública. Não aponto o dedo pra ninguém. Não tenho um processo. Não tenho um inquérito. Não tenho investigação de Justiça Federal”, declarou.

O democrata também disse que há colegas faltando com decoro ao, segundo ele, defenderem o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Tem parlamentar convocando participação em manifestação que defende fechar o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal. Se o presidente [da República] fizer isso, é crime de responsabilidade. Se o parlamentar fizer isso, é falta de decoro. Nós não podemos admitir esse tipo de palhaçada”, afirmou Elmar  Nascimento, em referência às manifestações pró-governo agendas para o próximo domingo (26).

Assista ao discurso:

 

PUBLICIDADE
Temas: Camara , DEM , laranjas , líder