Publicado em 12/11/2019 às 18h22.

MBL pede prisão preventiva de Lula e Dirceu ao MPF

O grupo aponta incitação ao crime, terrorismo e atentado à Lei de Segurança Nacional nos discursos do ex-presidente

Redação
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

 

Em representação protocolada no Ministério Público Federal (MPF), o Movimento Brasil Livre (MBL) pediu a prisão preventiva do ex-presidente Lula e do ex-ministro José Dirceu, soltos na última semana.

O grupo aponta incitação ao crime, terrorismo e atentado à Lei de Segurança Nacional nos discursos do ex-presidente após deixar a prisão, informa a colunista Mônica Bergamo, da Folha.

A peça também menciona falas de Dirceu. “Eu estava na trincheira da prisão. Agora estou aqui de novo na trincheira da luta. Agora não é do Lula livre. Agora é para nós voltarmos e retomarmos o governo do Brasil. E para isso nós precisamos deixar claro que nós somos petistas, de esquerda e socialistas. Nós somos tudo o contrário do que esse governo está fazendo”, disse o ex-ministro.

Na segunda-feira (11), o senador Major Olímpio já havia apresentado um pedido de prisão preventiva do ex-presidente, assim como fizeram os deputados Sanderson e Carla Zambelli, todos do PSL.

PUBLICIDADE